<$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, julho 02, 2003

Bom dia, Há já algum tempo que não passava por aqui!
Deixo-vos um email que me mandaram e que achei bastante interessante.

então cá vai ...

COMO NASCE UM PARADIGMA

Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa jaula, em
cujo centro puseram uma escada e, sobre ela, um cacho de
bananas.

Quando um macaco subia a escada para apanhar as bananas, os
cientistas lançavam um jacto de água fria nos que estavam no
chão. Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a
escada, os outros enchiam-no de pancada.
Passado mais algum tempo, mais nenhum macaco subia a escada,
apesar da tentação das bananas.

Então, os cientistas substituíram um dos cinco macacos. A
primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo
rapidamente retirado pelos outros, que lhe bateram. Depois de
alguma surras, o novo integrante do grupo não subia mais a
escada.

Um segundo foi substituído, e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro
substituto participado, com entusiasmo, na surra ao novato.

Um terceiro foi trocado, e repetiu-se o facto. Um quarto e,
finalmente, o último dos veteranos foi substituído.

Os cientistas ficaram, então, com um grupo de cinco macacos
que, mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam a
bater naquele que tentasse chegar às bananas.

Se fosse possível perguntar a algum deles porque batiam em quem
tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria: "Não
sei, as coisas sempre foram assim por aqui..."

Não deves perder a oportunidade de passar esta história para os
teus amigos, para que, de vez em quando, se questionem porque
fazem algumas coisas sem pensar ...


"É MAIS FÁCIL DESINTEGRAR UM ÁTOMO DO QUE UM PRECONCEITO"
(Albert Einstein)

terça-feira, junho 24, 2003

A janela



Liberdade


...
...
Em busca do Ser Superior,
Acreditamos no que não vemos,
no que desconhecemos,
Duvidamos do que existe.
Sempre em busca do Ser Superior...



A vida, o mistério, a esperança, o medo, o fim.

...
...

2001 pulsações por minuto !
...
Bolas !

Cá estou eu no local de trabalho novamente !
Telefones e Telefonemas
Problemas e mais problemas !

Ufa!

segunda-feira, junho 23, 2003

...
Há momentos na vida em que estou à espera de algo mas não sei bem do quê.
Tenho medo de estar a fazer tempo, de estar à espera que a vida passe.
Será que nesses momentos estou à espera da morte?
Fico triste ao pensar nisso e tento logo inventar algo para fazer.

Neste momento estou sozinho mas não sinto solidão. Por Vezes tenho necessidade de estar só, de saber que ninguém está a olhar para mim. Em certas alturas gosto de não olhar para ninguém, de não ter de responder a perguntas que não quero responder, de não ter de fazer comentários ou conversa sem nexo.

sexta-feira, junho 20, 2003

...
Mais um Fim de semana, que sorte.
Mas já estou com vontade de chegar ao próximo. É que no próximo vou ter com um grupo de amigos. Gosto mesmo de estar com eles. Vai ser um fim de semana em grande, amigos, música, comer e beber. Vai ser lindo, principalmente pelo grupo que se vai juntar, hum!!!!
Na noite de sábado sobem ao palco os Mão Morta. Tenho quase todos os albuns, mas ao vivo vai ser a primeira vez.
até logo!

Boa Noite Monstro ...



quinta-feira, junho 19, 2003

O MONSTRO

Quero vos apresentar o Ser que invade o meu pensamento, que não me deixa parar de pensar. É o Monstro,
O Monstro da Casa Vinte7.

Ao virar a esquina apareceu do nada, uma sombra sem dono.
Triste, perguntou-me o caminho para o seu mestre.
Eu disse que não sabia mas perguntou de novo:
- Por favor, tem que me dizer, se não morro - e começou a chorar.
- Não chores triste sombra ! - Disse eu - Quem é o teu senhor ?
- O monstro, O monstro da casa Vinte7.

Foi assim que conheci a sua sombra que mais tarde me levou até Ele



ao monstro da casa Vinte7

terça-feira, junho 17, 2003

A SAUDADE

Por vezes tenho saudades da minha outra vida. Da vida que há quase um ano resolvi deixar para trás e começar tudo de novo. Na altura foi bom, mudei de cidade, de emprego. Só mantive alguns amigos, OS MELHORES (mais tarde irei falar deles, talvez publicar umas fotos). Morei quase 8 anos numa cidade alentejana e agora moro em Lisboa, ainda por cima trabalho no centro da cidade.

A Abertura

Abro o meu Zdiario e começo hoje a escrever na primeira página. Ainda estou em adaptação a este novo conceito que é os blogs, por isso desculpem qualquer coisa.
Meu nome é jose. Aqui vou escrever pensamentos, acontecimentos, ideias. Vou contar histórias, compôr músicas, escrever poemas. Tudo o que me vai na alma.

até logo !

This page is powered by Blogger. Isn't yours?